10 de ago de 2011

Ain't no rest for the wicked

Querida, não façamos como o mundo todo faz,

Tratar o que sentimos com deboche.

Dizendo coisas como: “tanto faz”.

Tanto faz não satisfaz era o artista que dizia

Tanto faz não se refaz já dizia o autista

Não façamos então como todo mundo faz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário