31 de jan de 2012

E se não der


                Triste mesmo é aquele momento quando você percebe que até seu pau sente falta dela. Aqueles calafrios que sobem com uma ereção meia bomba e o aperto no coração por não tê-la por perto.
                Sinto como se fosse o melhor guitarrista da melhor banda do mundo que acabou de se separar. A única coisa que consigo pensar em fazer é sentar e esperar pelo retorno.

29 de jan de 2012

Lovesong


                Não interessa muito os outros aspectos quando se trata de relacionamentos... Acho que “Eu te amo” é a gota d’água. A partir destas três palavras a relação assume a forma de algo pesado com rodas e sem freio numa ladeira de 110° o final é uma avenida de tráfego intenso e o sinal está fechado pra vocês.
                

24 de jan de 2012

Well I wonder


                Existem noites em que pessoas se encontram, acendem seus cigarros, bebem suas cervejas, ouvem música e transam como se não houvesse amanhã. Há noites em que pessoas assistem filmes, bebem algum vinho vagabundo e trepam como se quisessem tirar de dentro algo que não poderia nascer.
                Em noites assim alguém se sente só, fora do contexto, sabe?  
                É como se o mundo não fizesse mais sentido e fosse preciso se encontrar, te encontrar. Não é porque alguém te completa. Isso não acontece mais. É porque alguém te faz feliz.
                Você gosta do cheiro e de como a cabeça dela encaixa perfeitamente em seu peito na hora de dormir. É dela que eu e você precisamos.
                Mas nem sempre se têm tudo que quer ou tudo que é necessário. Me pergunto se mais um maço e outra dose pode ajudar...

19 de jan de 2012

Querida L.


                Te escrevo pra dizer tudo aquilo que não posso te falar pessoalmente. Não te digo pessoalmente por conta dele, essas coisas te forçariam a se afastar de mim, e eu não quero isso.
                Você já foi minha, por uma tarde ou duas.
                Era só minha, com beijos de amora e a brisa fresca que entrava com alguns raios de sol pela sua janela. Você tem belas pernas. Já disse que te quero, quero mais do que duas vezes isoladas, eu te quero para te fazer sentir tudo isso que eu sei que posso te proporcionar.
                Garotos são sempre incompetentes quando conseguem uma mulher.
                Não quero te iludir, você sabe melhor do que ninguém o meu valor. Eu só queria mais uma chance para te fazer se sentir como uma mulher de verdade e não mais um troféu a ser exibido.
                Sei que não tenho o suficiente para ser levado a serio, mas saiba que você se tornou alguém importante para mim.
                Não consegui escrever muito, mas você sabe que sou de poucas palavras. De um homem infielmente seu, J.

11 de jan de 2012

Notas de um observador


Já dizia Linus Van Pelt (meu personagem favorito): “Em todo este mundo, não há nada mais inspirador do que ver alguém que acabou de se livrar de uma obrigação”.
Durante certo período de ócio e analisando crianças que deveriam estar sob a minha vigilância percebi que certas coisas ajudam definir a personalidade e formam caráter.
Hoje divago sobre “A caminhada da coragem”.

 Honra não vem de berço.
Há um período certo entre os primeiros 10 anos de vida, em que a criança tem que cumprir a caminhada da coragem - O simples fato de apagar a luz do quarto e caminhar lentamente até a cama.
Pode parecer besteira, mas isso é importante. A criança aprende a conviver com os medos, encará-los e ocasionalmente vencê-los. Essa caminhada faz parte dos primeiros passos pra que essas crianças se tornem seres dignos e de respeito.
Desde cedo aprenderam a vencer o escuro, a lutar sozinhas contra monstros e espectros se que escondem sob a escuridão, e alem de tudo, aprendem alcançar seus objetivos com sucesso.
Pra quem nunca conseguiu concluir a caminhada - ou qualquer outro passo - eu cito novamente LVP: “Eu gosto da humanidade. O que eu não suporto são os humanos”.

4 de jan de 2012

I would never wanna be young again


                Não sei ao certo se é depressão profunda, melancolia ou se estou somente cercado por idiotas.
                Acredito mais na ultima opção...