12 de set de 2011

Querida L.

Engraçado como as coisas mudam né?! Hoje eu trocaria Rio por São Paulo. Não sei se faria o mesmo mês passado. Você sabe já te disse isso antes. Não disse o motivo. Bom aqui vai... O motivo é você. Não sei por qual razão, na verdade até sei, você consegue ser incrível de um jeito incomum. Como uma daquelas personagens de um filme exclusivo, feita sob medida pra ser cuidada e tratada com muito carinho. Não sei se você gosta, afinal, não nos conhecemos assim tão bem.

Queimamos etapas demais no tempo que passamos juntos. Algumas importantes para convivência, outras nem tanto. Sabe, acontecem coisas que a astrologia, cartomantes e cientistas não são capazes de explicar. Como conhecer alguém e em questão de instantes um sentimento recíproco de intimidade tomar conta. Seria o equivalente a encontrar alguém que você passou grande parte da vida esperando.

Acho que por enquanto é isso. Não quero te assustar falando de coisas que sinto, nem quero seduzir seu coração com palavras bonitas. É só um desabafo de alguém que bem recentemente mudou e sentiu coisas que até então tinha se recusado a sentir.

Atenciosamente de um cara que te quer muito bem, J.

Nenhum comentário:

Postar um comentário