11 de nov de 2011

You might die trying

Eu ainda não disse tudo que tinha pra dizer. É isso. Há momentos em que acho que palavras não ditas podem me matar. Eu não quero morrer, não antes do tempo previsto. Não sem dizer tudo que eu sempre quis te dizer, não sem fazer tudo que eu sempre quis fazer por você.

Sem jogos.

Sem terceiros, terceiras, musicas, frio ou calor, sem despedidas e reencontros. Você, eu e o tempo que vai passar arrastado. É normal acordar todos os dias e te querer por perto?

Eu sei que devo começar devagar, ninguém consegue correr sem antes caminhar, mas essa demora e a possibilidade de nunca se concretizar, me deixa aflito.Acho que é isso, pelo menos por enquanto.

Um comentário: