30 de jun de 2013

Ainda bem



                Podia ter sido comigo. Era o que pensava enquanto os via de mãos dadas. Podia ter sido eu a trocar elogios, a ficar no marasmo e passar domingos procrastinando em frente a TV. Porém não era. Pensando bem e olhando através de outro ponto de vista, um otimista, foi melhor assim. Imagina se ela em um acesso de loucura, como outras já tiveram e até mesmo ela ameaçava ter, quebrasse não só minha vitrola e a coleção de Pink Floyd como, também, minha coleção de Dylan e o vinil do Led que eu ganhei do meu avô.
                Pensem comigo... Poderia ter sido eu a ter que trabalhar como um condenado pra comprar uma jaqueta de couro nova, já que ela teria feito retalhos da outra. Seria possível que eu fosse asfixiado com o travesseiro durante o sono em alguma crise de TPM.
                Hoje eu sirvo meu café pensando: Podia ter sido comigo, graças a deus que não foi.

Nenhum comentário:

Postar um comentário