29 de dez de 2011

Never Forget

                A calçada rachada era testemunha da apatia que eles sentiam pelo mundo. Eram rapazes comuns, com hábitos cruéis e sentimentos isolados. Não tinham muito que fazer.
                Batiam em alguma outra turma nas horas vagas.
                Pichavam muro pra matar o tempo livre.
                Enchiam a cara e fumavam maconha na pista de skate.
                Mas o que os unia de fato era o amor não correspondido por alguma mulher. Essa turma de jovens meliantes mantinha no peito guardado sob uma pedra, tão pesada quanto queriam que fosse, o mais nobre sentimento por alguém que já fora no passado uma donzela indefesa deflorada por algum crápula com o cu cheio de anabolizantes e cérebro capaz de fazer amebas se sentirem físicas quânticas.
                Alem do sentimento havia o silencio, quebrado inúmeras vezes por um violão, uma gaita, um trago de maconha e um gole de conhaque. Juventude transviada. É a conseqüência das mulheres na vida de jovens promissores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário