13 de jun de 2013

Doses homeopáticas



                Há no momento em que o pênis adentra lentamente em uma, úmida e quente, vagina mal depilada um alívio momentâneo para as dores do mundo. Como se jogassem água fria na carne ainda em chamas. Na hora que a glande é envolta por todo calor lascivo, é como se os pandas não mais estivessem extintos e a busca humana se torna obsoleta. O instinto sobressai, e é bom. Exatamente naquela hora em que se escorrega lentamente pela primeira vez. Não há uísque que pague ou trago de ervas finas, é só você, ela e o movimento, quase, involuntário dos dois corpos em busca do prazer.
                A cura do mundo.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário